terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Meu namorado



Meu namorado
( Débora Acácio 11/06/2012)


Meu namorado vai ser exatamente assim
Antes de namorado, amigo.
Companheiro para toda e qualquer hora
Antes mesmo de falar
Vai me conhecer pelo olhar

Pois vai saber
Que meu silêncio grita
Fala alto minhas palavras mudas
Vai saber.
Vai entender.
Que o amor sentido.
Vem inicialmente sem fazer sentido

Brigando com a razão
Se compraz na mais pura emoção
Me terá como uma flor a desabrochar
Em cada beijo.
Em cada toque.
Em cada encontro.

Em cada momento nosso
Saberá que o amor que sinto
É enclausurado.
Mas quando liberto não pode
Ser mensurado
E por ele será completamente
Inundado.

Meu namorado vai ser exatamente assim
Vai saber ser sempre de tudo, a minha metade
Vai saber ser sempre do todo, a minha amplidão
Vai saber que terá toda minha emoção.
Toda minha devoção.
Toda minha paixão.

Mas antes ele terá que ser meu namorado