domingo, 16 de setembro de 2012

Rapsódia dos Amantes



RAPSÓDIA DOS AMANTES
( Débora Acácio 14/09/2012)

Pensamentos que se buscam
Corpos que em sonhos se desejam
Almas que na vida se encontram

Sonatas e sinfonias se compondo
Letras e poesias se formando
Mãos que se entrelaçam

Como a melhor das sonatas
Compostas em sua maioria ao luar
Os olhos estão a se mirar
As bocas a se buscar

E na imensidão dessa composição
Eles se amam em amplidão
Sem sofreguidão
Extrapolando os limites da paixão
Na rapsódia dos amantes,
Belo final de uma ópera...

4 comentários:

  1. Debby, você acordou inspiradíssima!!
    Para quem ama o espaço e tempo são coisas que ganham outra dimensão! O pensamento voa e em algum lugar os pensamentos se cruzam em doce bailar. A telepatia dos amantes que extrapola os limites. Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luminha
      Amei escrever essa poesia mas a inspiração amiga, agradeço todia ao Marcus Catão. As composições dele me fazem suspirar ! kkkk
      Bjs
      Debby :)

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi Marcinha
      Você que é um doce de pessoa.
      Obrigada
      Bjs
      Debby :)

      Excluir

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)