terça-feira, 23 de julho de 2013

Em silêncio


Imagem Aqui

( Débora Acácio 18/07/2013)


Observando
Sem sequer imaginar
que ele de mansinho iria chegar
Chegou...
A alma rejuvenesce a cada som
O corpo estremece com o esperar de cada toque
A razão gritou em alerta
O silêncio me ensurdeceu

E ele ali, calado, triste e solitário
Na quietude da sua imensidão
Conquistou o meu coração
Que bate desenfreado a cada gesto..
Que faz a alma enrubescer a cada contato
Que faz o prazer vibrar na emoção
Que me faz crer que meu coração
Hoje está completamente apaixonado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)