sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Sentir






Sentir
( Débora Acácio 13/10/2012)

A gaivota voando
Plainando rasante pelo mar
Meu olhar fixo em algum
Ponto distante
Lá, no horizonte

A brisa fresca
Enrosca meus cabelos
Alinhando meus pensamentos
A natureza respondendo
Aos meus questionamentos

A gaivota baila
Brincando com o equilibrio
Observo a mágica existente
Na natureza ao meu redor

Fecho os olhos
Meus pulmões sentem
Calmamente, lentamente
Cada porção de ar que me ventila
É quando agradeço a Deus
por este momento de
Encantamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)