terça-feira, 23 de outubro de 2012

Instante


Instante
(Débora Acácio 13/10/2012)

Aconteceu assim
Não de repente
Mas, lentamente
E me deixei fluir

Fluir mais profundo
Mergulhando dentro de mim
Encontrando com meu silêncio
Me escutei

Ouvindo

Cada barulho
Cada ruido
E tudo ganhou
Um novo sentido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)