sexta-feira, 6 de julho de 2012

Porque é eterno


Porque é eterno
(Débora Acácio 06/07/2012)

É eterno porque é persistente
Porque minha poesia tanto insistiu
E Deus assim consentiu
E da minha poesia você surgiu

É eterno porque a flor do meu jardim
Aquela de jasmim um dia murcha
O vento leva, mas o seu aroma
O seu perfume fica
Em mim consistente

É eterno porque de alguma forma
Não queremos que termine
Porque queremos dar continuidade
Sem nos importar com a brevidade

É eterno porque as pessoas passam
A vida em si no que tange a matéria passa
Mas a essência é eterna.. assim como
As ações, as lições que cada um de nós aqui deixar
É eterno porque o resto dos meus dias 
ao teu lado quero ficar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)