quarta-feira, 23 de maio de 2012

Viver como as Flores !


Ser como a flor
( Débora Acácio 13/02/2008)
 
De repente assim...
Somos germinados como as flores
Viramos sementes, somos regados
somos cuidados assim como as flores
Mas nem sempre temos os perfumes das flores
 
De repente assim...
Crescemos enchendo nosso redor de alegria
iluminando as horas , os dias.. o tempo
Mas nem sempre temos a magia das flores
 
De repente assim
Somos arrancados pela raiz
dor, decepção e tristeza
A solidão e o vazio completam
que nem as flores 
 
De repente assim
Nascemos, crescemos, morremos
que nem as flores.
Mas assim como as flores...
Perfumamos e colorimos os jardins
de almas amigas e afins
Levamos alegria onde a lágrima insiste em habitar
Levamos a delicadeza onde a aridez se serve
Levamos paz onde a guerra se faz
E levamos fé onde a paz se perde.
Simples,
Único e belo que nem as flores!
Vivendo que nem as flores!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)