domingo, 10 de junho de 2012

Eu te amo não diz tudo

 
 
Quando tudo já está no automático em nossas vidas...
Quando a correria já tomou conta... quando qualquer coisa se torna mas importante e prazerosa do que estar nos braços do nosso "amado".
Quando sair mais tarde do trabalho já é default!!!
Quando aquele selinho perdeu o encanto do começo..
Quando o toque perdeu o tato e virou o alivio mais que imediato e voltamos a era dos primatas...
E não mais fazemos amor... fazemos sexo por pura compulsão e satisfação da carne
Mas continuamos,,,, insistimos em dizer... em pronunciar  "eu te amo!"
Para convencer talvez a nós mesmos de que realmente existe algo mais de sentimento, mais que o amor....esse já pegou o banquinho e saiu de mansinho que agente nem notou..

Ou melhor percebemos sim... mas deixamos ele ir!
Deixamos ele ir quando gritamos com o outro ao invés simplesmente de deixar ele desabafar.. a revolta dele também!!!
Deixamos ele ir quando não deixamos ele o amor nos amar...
Quando deixamos ele escapar entre nossos dedos..
É amor é pitoresco... é criativo...e quando tentamos controlar ele como tentamos em vão controlar o outro... Ele se manda!!! Literalmente!

Eu te amo não diz tudo !
Quando o seu cinema fica totalmente mudo!
Quando você se percebe como personagem de um monologo vão e totalmente vazio...
São dois mas na verdade é um só e cada um para seu lado... e no final do dia e da noite cada um diz eu te amo ! e está tudo bem !!
Não... sinceramente não está nada bem não.
É muito mais sincero... honesto fazer por meio de gestos...
de atitudes "eu te amo" e dizer tudo...

Débora Acácio em 14/02/2011
Inspirado no texto "eu te amo não diz tudo" de Arnaldo Jabor

6 comentários:

  1. Adorei...não pode ser palavras meramente pronunciadas...tem que ser de verdade,intenso e de coração!! bjs e uma otima semana p vc!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Aninha....
      Isso é verdade mesmo.
      Tem que ser por meio de gestos... gestos.
      Bjs bjs
      Debby :)

      Excluir
  2. Débora, obrigadão pela visita e por seu comentário. Lindo tudo aqui, beijão do ZC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zé Carlos.
      Obrigada pelo seu retorno também..

      Debby :)

      Excluir
  3. O sentimento "amor" é muito complicado de descrever, a vida não é facil descrever, mas é verdade que as veses o silencio descreve mais do que mil palavras, calar-se as veses é a resposta certa.E eu aprendi isso. Os nossos atos sempre dizem mais do que nossa boca.
    Amei seu texto.
    Continue escrevendo pra gente essas reflexões que podem ajudar a refletir se nossos atos estão falando realmente o que nossas bocas dizem.
    Parabens pelo seu blog.

    Claudicea / irmã da Claudiane.. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudiceia seja bem vinda...
      Com certeza o silêncio algumas vezes grita palavras que nossos gestos, nosso corpo, nossa lingua não fala.
      Tenho mais textos e reflexões no outro blog. Em nossas vidas.
      http://debbyeuamominhavida.blogspot.com.br/

      Este aqui é somente para poesias.
      Beijos
      Debby :)

      Excluir

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)