segunda-feira, 30 de abril de 2012


Nosso silêncio
( Débora Acácio 29/11/2011)


seu silêncio sempre...
as vezes edificante
aquele bom de observar,
de contemplar,
de aos céus agradecer por você...

o silêncio do sono,
Onde vejo cada gesto mudo, cada bocejar,
cada passar de pernas ao amassar o lençol
e deixar em cada ruga de linha macia...
um pouco da sua anatomia.

Outras vezes mórbido,
frio mortal      li te ral men te
Onde sinto no prenúncio da saudade o doce sabor do te recordar..
Onde estou a te ouvir em nossas músicas e as vezes em pensamentos a dançar.
Onde estou a te escrever em cada linha de minha poesia..
No meu silêncio...

Compondo o nosso silêncio


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre, sente, leia e viva a poesia...
Desde já agradecendo o doce carinho de seu comentário
Debby :)